Sobre Bel

Brasileira morando fora do Brasil há 12 anos e em Aruba desde agosto de 2010. Casada com um arubiano e mãe de uma menina sapeca de 7 anos.

Passeio de submarino em Aruba

Um dos passeios mais únicos de Aruba e daqueles que não se tem a oportunidade de fazer em outros lugares é o passeio de submarino. Para quem não mergulha, como eu, é uma oportunidade única de ver corais, navios naufragados e vários tipos de peixes. A capacidade do submarino é de 48 pessoas, mas graças ao ar condicionado potente e às escotilhas grandes, não dá uma sensação de confinamento.

Como chegar

O píer do Atlantis fica na marina do centro, em frente ao Renaissance Mall e pertinho do terminal de ônibus. Esse é um dos únicos passeios que não tem pick-up, então cada um chega por conta própria. Para quem não está com carro alugado, dá para se chegar facilmente tanto de Eagle Beach como de Palm Beach. É só pegar um ônibus que vai até o terminal de ônibus (quase todos vão para lá), andar 270m e pronto. Para quem vier de carro, tem que prestar atenção porque o estacionamento no centro é pago das 7h às 15h, de segunda a sábado. O valor é um florin por hora, exceto para a primeira meia hora que também custa um florin. É bom ir preparado com o valor certo porque as máquinas só aceitam florins e não dão troco.

mapa_submarino_aruba

O passeio

O check-in para o passeio é meia-hora antes do embarque e é feito dentro da lojinha do Atlantis, onde se recebe a pulseirinha que permite o embarque. A seguir, um membro da tripulação explica (em inglês e espanhol) o procedimento de embarque e todos têm a oportunidade de tirar uma foto antes de entrar no barco chamado SubSeeker que leva até o submarino em alto-mar. Dentro do barco, a caminho do submarino, mais explicações sobre procedimentos de segurança são dados em inglês e espanhol.

Daí chegamos ao recife de Barcadera onde está o submarino. A parte mais legal é chegar lá e vê-lo vir à tona. Todo mundo mundo enlouquece tirando fotos e fazendo vídeos!

submarino emerge

Em seguida é hora de embarcar. A entrada é feita por uma escada tipo aquelas que a gente encosta na parede, em que você tem ficar de frente para a escada para descer, então eu não recomendo para quem tem dificuldade de locomoção. Eu não imagino minha mãe, por exemplo, descendo essa escada.

entrada para o submarino

Filhota e prima animadas para o passeio

Quando a gente entra e se senta na frente da escotilha pode ver que tem uma tabelinha frente e verso mostrando os diferentes tipos de peixes que a gente vai estar vendo durante o passeio. A tabelinha é boa para ler no começo porque uma vez que o submarino vai submergindo começam a aparecer tantos tipos diferentes de peixes que não dá tempo para checar a lista

O submarino fica em cima do recife de Barcadera (Barcadera Reef), que é uma montanha de corais submersa. Como é um morrinho mesmo, o que ele faz é submergir circundando a montanha. Além de muita vida marinha existem 3 naufrágios que a gente pode ver: o Jane Sea é o primeiro a 18m, depois  gente vê o morning star a 28m e por último o Mi Dushi a 38m. A profundidade máxima que o submarino desce é 42m. Como existem assentos dos dois lados, á medida que o submarino desce, ele vai rotando para dar oportunidade dos dois lados verem os corais. No dia em que fomos o tempo estava nublado, mas mesmo assim deu para ver tudo muito bem e mesmo com mais profundidade tinha luz suficiente para ver os peixes e naufrágios. Como estamos debaixo d’água tudo fica azulado, aliás eu fiquei curiosa para saber como se fazem filmagens no mar sem que pareça azulado, acho que deve ter algum filtro especial.

Aqui embaixo dá para ver quando passamos pelo naufrágio do navio cargueiro Morning Star. Notem a riqueza de vida marinha:

O passeio em si dura 40m, que com o tempo de embarque e desembarque além do deslocamento do píer até o submarino, acaba ficando em 1:30h em total. O preço é de $105 para adultos e $79 para crianças de 4 a 12 anos. Menores de 4 anos não podem fazer o passeio. Se você quiser fazer esse ou outros passeios, mande um email para mim em info@guiadearuba.com que a gente combina o agendamento.

Para saber de outros passeios, vejam os posts já publicados aqui no blog:

Venda de passeios e transfer

Mergulho, jetlef, flyboard, hoverboard e paraquedas em Aruba

Tour de praias em português com guia brasileira

Passeio de barco com a Jolly Pirates

Restaurante cubano em Aruba: Cuba’s Cookin’

Fazia tempo que queríamos conhecer o mais tradicional restaurante cubano de Aruba, o Cuba’s Cookin’. Junte um amante de salsa como meu marido e uma amante de comida cubana cubana como eu e é diversão garantida. O Cuba’s Cookin’ é um restaurante que tem música ao vivo todos os dias e quando eu digo música, eu quero dizer salsa. O motivo de eu amar comida cubana é porque eles também têm o costume de comer arroz e feijão, sendo que o feijão é cozinhado salgado, como a gente está acostumado. Se alguém já experimentou o feijão adocicado que os americanos gostam, sabem o que eu quero dizer.

O restaurante está localizado no Seaport Mall, o shopping à beira mar que fica ao lado da Marina e na frente do hotel Renaissance. Ele foi aberto por um casal, o marido canadense e a mulher cubana, ambos morando em Aruba.

Fomos duas vezes no último ano. Da primeira vez, logo ao chegar, tivemos uma surpresinha: nos trouxeram um aperitivo de cortesia: eram chips de mandioca com 3 tipos de molho, um mais gostoso que o outro. A cortesia pode ter a ver com o fato do gerente saber que eu tenho um blog, mas eu não reclamo não. :

Tiragosto de lasquinhas de mandioca

Tiragosto de lasquinhas de mandioca

Daí veio a hora de pedir os aperitivos de verdade, os appetizers. Como nós fomos acompanhados de uma amiga canadense, foi legal porque cada um pediu uma coisa e todo mundo pôde experimentar do outro. Pedimos garlic pork bites, por $14 e uma porção de lula frita (fried calamari) por $16. Achamos as porções gostosas e bem servidas. Eu pedi também um mojito, como não podia deixar de ser. Como se parece muitíssimo a caipirinha, também ajuda com a familiaridade que a comida cubana me traz.

masitas de puerco

Garlic pork bites

lula frita

Porção de lula frita

Da segunda vez que fomos, pedimos as empanadas, que se parecem muitíssimo ao pastel que eu sinto tanta falta. A porção vem com três, sendo uma de carne, uma de frango e uma de peixe. Estava tudo uma delícia, não me lembro o preço.

empanadas

Trio de empanadas

Daí vamos ao prato principal. Da primeira vez eu pedi ropa vieja porque é uma comida cubana famosa e eu nunca tinha experimentado. Na descrição, eu tinha a impressão de ser algo como carne louca, que no Brasil a gente usa para fazer sanduíche, o que é bem simples, mas eu queria saber como era. A verdade é que era bem simples mesmo, era arroz, feijão, verduras grelhadas e a carne desfiada com um molho de tomate. Achei meio sem graça para falar a verdade. O que foi sensacional mesmo foi o prato do meu marido, que pediu a zarzuela de mariscos de $22. O prato dele foi bem mais especial e gostoso.

zarzuela

Zarzuela de mariscos

Para compensar a decepção da primeira vez, da segunda vez que fomos, eu pedi a costelinha de porco barbecue por $25.50 e essa sim foi sensacional. Bem temperada, com o molho à parte (eu não sou muito chegada a molho barbecue) e bem acompanhada com arroz feijão, salada e banana frita que vai em praticamente todos os pratos. Foi um prato tão grande que acabei contando com a ajuda do marido e da filhota para acabar.

costillas en salsa bbq

Costelinha barbecue

Esse prato nos ajudou a superar a única decepção da noite que foi o prato da filhota. Pedimos do menu infantil e ela escolheu macarrão com queijo, o mac’n’cheese. Ficamos com uma grande suspeita de que o prato dela era um desse de caixinha que se compra facilmente no supermercado aqui em Aruba. Normalmente eu nem gosto de pedir do menu infantil porque são opções bem pobres nutricionalmente, tipo nuggets e batata frita, mas como ela insistiu em pedir, acabamos aceitando. Mas agora já sabemos que da próxima vez, pedimos um prato extra e ela come do nosso.

O outro bom motivo para ir ao Cuba’s Cookin’ é a música. Sempre tem bons músicos tocando uma boa salsa ao vivo e aproveitamos para dançar.

Para ver outros restaurantes que visitamos e escrevi a review, vocês podem dar uma olhada no post sobre onde comer em Aruba:

 

Festas de Réveillon 2017 em Aruba

O réveillon em Aruba é a época mais procurada e mais cheia do ano. Como muita gente chega em cima da hora e não tem tempo de procurar as opções de festas, aqui vai um resumo das festas da passagem de 2016 para 2017.

reveillon_aruba

Ritz Carlton

A festa do Ritz-Carlton vai ter uma das maiores bandas de carnaval de Aruba, chamada Tsunami, que vai se apresentar num palco montado na praia. O preço é de $100 por pessoa e $50 para menores de 18 anos, incluindo open bar, mas sem champagne, que pode ser comprado separadamente. Não há comida nem salgadinho incluído e não é permitido entrar com a própria comida ou bebida. A festa começa às 21h e a banda vai tocar até a 1h da madrugada, com queima de fogos à meia noite. As reservas podem ser feitas através de cartão de crédito, entrando em contato com o hotel.

Marriott Stelaris

A festa do Marriott também é num palco montado na praia e vai ser animada por dj’s em vez de banda. O preço é de $99 por pessoa e inclui open bar sem champagne. Não inclui comida nem salgadinhos. O champagne vai ser vendido pelo preço de $90 a garrafa e não é permitido entrar com a própria bebida. A festa começa às 21:30h e a música acaba à 1h da madrugada, com queima de fogos à meia-noite. Os ingressos podem ser comprados no lobby do hotel a partir do dia 26 de dezembro.

Holiday Inn

O Holiday Inn vai ter um buffet combinado com festa de fim de ano. O buffet vai ter várias mesas/ilhas temáticas que variam entre cozinha caribenha, asiática, espanhola, saladas, queijos, carnes, pratos principais, guarnição e sobremesas. O open bar vai incluir vinhos, destilados em geral, chopp da Heineken e Balashi, sucos e refrigerantes. O menu completo está disponível aqui. A animação vai ser feita com DJ’s. A festa começa às 19h e acaba à 1h. O preço é $139 para adultos e $69,50 para crianças de 5 a 12 anos. Sobre esse preço vai ser incluído 15% de gorjeta e 3,5% de impostos. Para fazer a reserva, pode-se contactar diretamente o hotel. O Holiday Inn não tem sua própria queima de fogos.

Hilton

O Hilton vai ter duas ceias de Réveillon disponíveis, em cada um dos seus restaurantes e serão servidas das 18h às 23h.

A ceia do Laguna, que é um restaurante mais casual custa $69 para adultos e metade do preço para crianças entre 6 e 12 anos.  Sobre esse preço vai ser incluído 15% de gorjeta e 3,5% de impostos. O buffet vai ter mesas/ilhas de pães, sopas, queijos e embutidos, frutos do mar, saladas, carnes, massas, pratos principais e sobremesas. Cada adulto recebe uma taça de vinho. O restante das bebidas não está incluído.

A outra ceia é no Sunset Grille, que é o restaurante mais sofisticado do Hilton. Ela vai custar $145 para adultos e $65 para crianças entre 6 e 12 anos. Sobre esse preço vai ser incluído 15% de gorjeta e 3,5% de impostos. O jantar vai ter 4 pratos com entrada, um prato de peixe, o prato principal e a sobremesa. Para cada prato existem diferentes opções que o cliente escolhe. As bebidas são todas pagas à parte.

Para participar da festa, que vai ter entrada gratuita não é preciso cear no hotel. A festa vai ser na parte externa, na área da piscina e vai ter música ao vivo e show de fotos à meia-noite. A bebida poderá ser comprada nos bares montados no local.

Restaurante Faro Blanco

Esse é o único restaurante que fica perto do farol California, na ponta oeste da ilha. Eu considero que eles têm provavelmente a melhor vista dos fogos do Réveillon que se pode ter em Aruba. A ceia de ano novo vai ser servida das 19h à 1h da madrugada e vai ter ter pratos, com 3 opções de entrada, 3 opções de prato principal e 2 opções de sobremesa. O preço vai ser de $150 por adulto e metade do preço para crianças de 5 a 12 anos. Toda a bebida vai ser vendida à parte. O entretenimento vai ser feito com música ao vivo e à meia-noite, eles terão sua queima de fogos. As reservas podem ser feitas com cartão de crédito.

Como vocês podem ver tanto o preço quanto as condições são bem diferentes dependendo do lugar. Outro conselho para quem estiver vindo por essa época por aqui é fazer a reserva dos passeios antecipada. Não custa nada e vai evitar muita dor de cabeça porque os passeios têm capacidade limitada e nessa época tudo fica cheio. O submarino, por exemplo, só tem capacidade para pouco mais de vinte pessoas, então se você deixar para agendar para quando chegar, a probabilidade de conseguir encontrar lugar é mínima. Se você estiver vindo, mande um email para info@guiadearuba, que eu posso fazer a reserva dos passeios desde agora e você só vai pagar quando estiver aqui.

Leiam também os outros posts sobre o réveillon que eu já publiquei aqui no blog:

Cinco dicas para o fim de ano em Aruba

Os fogos de fim de ano

A casa de luz de Seroe Preto

E para ficar com um gostinho aqui um pouco do clima do réveillon aqui, com essa vista do interior da ilha depois da meia noite:

 

 

Queima de fogos no interior da ilha – Aruba from Guia de Aruba on Vimeo.

Marriott Surf Club Aruba: review

Para mim, o Marriott Surf Club é o hotel mais completo de Aruba, especialmente para quem vem com filhos. Ele é tudo o que se pode esperar de um resort familiar em Aruba e mais. Quartos familiares com cozinha completa? Sim. Trecho de praia excelente com muitas opções de sombra? Sim. Conjunto de piscinas que inclui tobogã e piscina com correnteza? Sim. Splash park para que as crianças brinquem com segurança, inclusive se não sabem nadar? Sim. Kids club com brinquedoteca? Sim. Academia super equipada? Sim. Biblioteca e videoteca? Sim. Localização em Palm Beach, perto de restaurantes e lojas? Sim.

Localização

O Surf Club fica na parte mais a oeste de Palm Beach, do ladinho do badalado bar de praia Moomba Beach e ao lado do píer de Hadicuradi, de onde saem os passeios da Jolly Pirates.

mapa do marriott surf club

O trecho de praia do Surf Club é mais largo do que o resto de Palm Beach, o que faz com que não exista aquela disputada acirrada pelas cabaninhas de praia que são comuns em outros hotéis de Palm Beach.

E a praia é padrão Aruba: areia branquinha, mar azul bebê, pouca onda, bem segura para crianças e bebês e vento constante.

praia do Marriott Surf Club

A praia é tão larga que o mar fica até longinho

Estrutura

O maior charme do Marriott Surf Club é ter a única piscina com correnteza de Aruba e esse é um dos grandes atrativos do hotel. As piscinas são climatizadas, o que significa que nunca estão frias, então dá para ficar curtindo mesmo depois que anoitece. Na lojinha do hotel eles vendem vários modelos de boias infláveis e ao lado do quiosque de toalhas existem duas bombas que as enchem rapidinho. A piscina de correnteza tem entre 1,6m e 1,4m de profundidade, o que significa que dá para um adulto ficar em pé tranquilamente, mas não uma criança.

piscina de correnteza

Só relaxando

Mas o conjunto de piscinas é bem mais completo, para as crianças grandinhas tem o tobogã, que dá para entreter bastante, mas tem só recomendo para as que sabem nadar, porque ele finaliza numa parte que não dá pé para crianças.

piscina com tobogã

Para bebês e crianças pequenas tem tanto uma piscina bem rasinha quanto um splash park. O splash park agrada tanto grandes quanto pequenos, com vários equipamentos que jorram água, ponte que serve de mini-esconderijo e garantia de entretenimento por bastante tempo. Ele fica ao lado do kids club.

splash park

piscina infantil

Piscina infantil com direito a visita de uma iguaninha local

E para os adultos que querem ficar curtindo uma piscina e uns drinks ao mesmo tempo tem o pool bar, onde dá para pedir bebidas sem ter que sair.

bar de piscina

Quartos

plano dos quartos

Configuração de studio, villa de 1 quarto ou villa de 2 quartos

O Marriott Surf Club trabalha com uma configuração modular e oferece opções de:

Studio – um quarto de hotel mais parecido ao que conhecemos, com uma cama “queen size”, 1 sofá cama, uma kitchenette com cafeteira, mini-pia, frigobar e alguns copos e talheres. Aceita até 4 hóspedes. É a parte da direita do plano acima.

vista do studio do marriott surf club

Studio onde nós ficamos

Villa de 1 quarto – Quarto com cama king size e banheiro com banheira e duas pias. Sala com mesa de 6 lugares, sofá-cama, cozinha com fogão, forno, geladeira grande com congelador, máquina de lavar louça, máquina de lavar roupas, torradeira, cafeteira, liquidificador, panelas e talheres para 6 pessoas. É a parte esquerda do plano acima e acomoda 4 pessoas.

Villa de 2 quartos – É a junção do studio com a villa de 1 quarto, nesse caso eles abrem a porta que comunica as duas unidades e a unidade passa a ter duas portas de entrada. Acomoda 8 pessoas. Mede 108m2.

Villa de 3 quartos –  Existem poucas unidades de 3 quartos, elas ficam nas pontas do edifício principal. A configuração é diferente da villa de 2 quartos em alguns aspectos. A máquina de lavar e a máquina de secar não ficam na cozinha, mas têm um espaço separado, na lavanderia. Nesse caso, o segundo quarto tem duas camas queen size em vez de sofá-cama e um banheiro maior com banheira. O segundo quarto não tem uma porta de saída à parte. O terceiro quarto é bem espaçoso, tem uma entrada separada e também tem sua kitchenette, com pia, cafeteira, mini-geladeira, copos e talheres para 4 pessoas. A unidade acomoda 12 pessoas e mede 154m2.

villa de 3 quartos

Configuração da villa de 3 quartos

3o quarto do Marriott Surf Club

Vista do terceiro quarto da villa de 3 quartos

Estrutura

programação de atividades

O hotel conta com um programa bem variado de atividades para adultos e crianças e a programação muda todos os dias, incluindo bingo, aulas de pintura e caça ao tesouro. Além disso, existe uma sala de jogos eletrônicos e outra sala que é a videoteca e biblioteca com títulos que podem ser alugados de graça. A sala de ginástica é a maior que eu já vi num hotel e super equipada. Existe também uma sala com computadores com acesso à internet para quem não quiser ficar só com o celular. O bar que fica na piscina tem um restaurante de comida rápida ao lado, onde se serve café da manhã e refeições rápidas, tipo cheeseburguer, mas os hóspedes podem circular livremente pelos outros dois Marriott, que estão do lado, inclusive com acesso ao cassino e ao conjunto de restaurantes e lojas do Marriott Stellaris. Ao lado esquerdo da entrada fica o mini mercado, que é bem completo, vende frutas, bebidas, pães, alguns produtos industrializados, além de roupas, equipamento de snorkel, jornais e revistas.

mini mercado do marriott surf club aruba

Hospedagem

O Marriott Surf Club funciona como um hotel normal e pode ser alugado por dias soltos, mas ele também é um timeshare, cujo funcionamento eu explico nesse post aqui. Esse é o hotel que eu mais trabalho quando faço reservas para meus clientes. O motivo é que ele tem datas de check-in todos os dias da semana, exceto terças e quartas-feiras, além disso eu costumo trabalhar em parceria com um proprietário de lá. Ele é dono de mais de 200 semanas, porque vive disso. Como o Marriott tem um sistema flexível de hospedagem, quando um cliente me pergunta por uma semana específica, eu falo com ele, daí ele verifica se está disponível e se estiver nós podemos fechar o negócio quase que imediatamente. O preço varia de acordo com o tamanho da unidade e da época do ano, sendo que a semana mais cara do ano é a do reveillón, enquanto que os meses de maio, junho, setembro e outubro costumam ter ótimos preços. Para quem se interessar e quiser fazer uma cotação, manda um email para info@guiadearuba.com.

Passeio de barco com a Jolly Pirates

panoramica

 

Um dos passeios que mais tínhamos vontade de fazer e ainda não tinha rolado é o passeio de snorkel da Jolly Pirates. O passeio que escolhemos foi o snorkel com almoço na parte da manhã. Fomos eu, marido e filhota, além de 6 leitores do blog que compraram o passeio comigo, então estávamos num animado grupo de 9 brasileiros.

Nós com os leitores do blog: André Luiz, Bruno, Luiz, Menaris, Juliana e Mônica

Nós com os leitores do blog: André Luiz, Bruno, Luiz, Menaris, Juliana e Mônica

Tudo da Jolly Pirates tem o tema de piratas, tanto que a minha pequena, de 7 anos perguntou: mãe, esse barco é do mal? Eu falei: não, filha, por quê? Ela: porque tem essas caveiras por todas as partes. :)

Para chegar lá é fácil: se você estiver em Palm Beach é só caminhar até o bar Moomba Beach, que fica entre os hotéis Holiday Inn e Marriott Surf Club. Se você não estiver em Palm Beach, vá de carro e pare o carro no estacionamento amplo. Primeiro é preciso pegar os cart­ões de embarque na loja deles, que fica na lateral do prédio do Moomba Beach. Daí você caminha até o píer em frente e embarca numa lancha que leva ao barco.

Logo após embarcar, é hora de escolher os pés de pato, máscaras, tubos e coletes salvavidas para quem quisesse (ou precisasse, no meu caso). Um dos guias deu explicações básicas em inglês e abriu o open bar, com bebidas alcoólicas e não alcoólicas. Entre as alcoólicas, havia piña colada, com álcool ou não, uma bebida exclusiva da Jolly Pirates chamada pirate’s poison, que é uma mistura de piña colada com ponche de frutas, além de refrigerantes, sucos e água.

A primeira parada é no naufrágio do cargueiro alemão Antilla, que é o maior naufrágio de todo o Caribe. E o melhor de tudo é que ele está apenas a 18m de profundidade, então dá para ver bem ao fazer snorkel. No dia em que fomos, a correnteza estava forte nessa parada, então os guias recomendaram que quem não fosse bom nadador ou estivesse fazendo snorkel pela primeira vez não descesse. Mas para quem desceu foi tudo de bom porque deu para ver o barco muito bem.

Vista da âncora do Antilla

Vista da âncora do Antilla

A segunda parada foi em Boca Catalina, com águas muito mais tranquilas e rasinhas, onde todo mundo desceu e aproveitou bem. O forte dessa parada são as inúmeras estrelas-do-mar que estão no solo do mar. Infelizmente, muitos turistas se sentem tentados a pegá-las, o que não deve ser feito porque elas morrem quando são arrancadas. Nos últimos anos houve uma diminuição significativa no número de estrelas-do-mar, por isso antes de se descer para fazer snorkel, os guias fazem essa recomendação: veja, tire foto, mas não leve para casa.

vista do Jolly Pirates

Foto cortesia do Bruno Costa

A  última parada foi em Malmok, que também é com água bem calminha e o mar mais raso que nas outras, o que faz com o que mar seja ainda mais azul cristalino. Primeiro houve a parada para snorkel. Depois de um tempinho, eles pedem para que todos subam de volta ao barco, porque vai começar a brincadeira de se jogar no mar pendurado num balanço de trapézio. E essa foi a parte que todo mundo se empolgou mais, a maioria se jogou pelo menos quatro vezes, cada vez aprimorando o estilo. Eu diria que ninguém conseguiria se classificar para as olimpíadas, mas que se divertiram, com certeza!

filhota voando sobre o mar

Filhota voando sobre o mar

Depois que todo mundo estava cansado de pular no mar, chegou o almoço. Nessa parada de Malmok, uma lancha vem entregar o almoço que uma empresa de catering prepara. O almoço é simples e gostoso: costelinha de porco e frango assados no estilo barbecue americano, arroz, meia espiga de milho cozido, maionese de batata e uma fruta de sobremesa.

Ao final do almoço voltamos para o píer aproveitando a vista sensacional.

Informações adicionais sobre o passeio:

  • Pode ser feito por crianças de qualquer idade
  • O que precisa levar: roupa de banho e protetor solar. Quem preferir levar o próprio equipamento de snorkel pode, mas não é necessário
  • Preço: o passeio da manhã dura 4h e inclui 3 paradas para snorkel, bebidas e almoço. Custa $60. O passeio da parte da tarde dura 3h e inclui 3 paradas para snorkel e open bar. Custa $45. O passeio do pôr-do-sol dura 3h inclui uma parada para se jogar no mar com o trapézio e open bar. Custa $32.
  • O passeio é super recomendado para famílias por aceitar crianças de qualquer idade. Crianças de até 4 anos não pagam. Crianças de 5 a 10 anos de idade pagam a metade do preço.
  • Todos os passeios podem ser reservados pelo blog. Escreva para info@guiadearuba.com

Links de interesse:

Outros passeios vendidos pelo blog:

Venda de passeios e transfer

Mergulho, jetlev, flyboard, hoverboard e paraquedas em Aruba

Tour por Aruba em português com guia brasileira

Site da Jolly Pirates

Onde ficar em Aruba: pousadas

Uma ótima opção de hospedagem econômica em Aruba são as pousadas, aqui conhecidas como apartamentos. Só que em Aruba a variedade é tão grande que é preciso muita atenção para separar o joio do trigo. Aqui, qualquer pessoa pode construir alguns quartos com banheiro no quintal de sua casa, anunciar como pousada e alugar. Então para ajudá-los a não cair em roubadas, eu fiz uma lista por região com pousadas que eu conheço porque tenho leitores ou amigos que já se hospedaram nelas. O principal motivo para se hospedar em uma pousada costuma ser o preço, mas existem dois outros fatores muito importantes: distância da praia, que determina a necessidade ou não de alugar carro e as comodidades do quarto.

Opções para quem não pretende alugar carro

Palm Beach

Cariña’s Studio Apartments

Eu recomendo muito o Cariñas para casais e famílias com crianças maiorzinhas porque apesar dele estar a uma distância que dá para caminhar até o centrinho de Palm Beach, o acesso se faz por um caminho de terra, que não tem iluminação à noite. Pontos fortes: não é necessário alugar um carro para ir à praia, quartos com cama king size, cozinha e utensílios de cozinha, ótimo custo-benefício. Não tem piscina.

pousada_aruba_carinas (1) (640x360)

Veja os preços e faça as reservas aqui.

Oranjestad

Camacuri Apartments

Essa é uma pousada onde eu fiquei por 3 semanas quando vim morar em Aruba e estava procurando casa para morar. Fica pertinho de Nikky Beach, dá para chegar andando. Também dá para chegar ao centro, à rua principal e ao shopping Renaissance andando. E tem um supermercado pequeno a 2 quadras para abastecer a cozinha. Os quartos são confortáveis, com cozinha completa.  Tem uma piscina pequena. O que eu não gostava é que a cortinha não escurecia bem o quarto, eu gosto de cortina blackout . Dá para escutar os aviões do aeroporto também, mas isso nunca me incomodou.

Veja os preços, comentários e faça a reserva aqui.

Cadushi Apartments

Outra opção pertinho da praia de Nikky Beach é essa pousada. Em termos de localização, tudo o que se aplica para o Camacuri, vale para o Cadushi.  Os quartos são muito bons e a cama é confortável. Toda a pousada foi renovada recentemente e os móveis estão novinhos. Tem uma piscina pequena.

Veja os preços, leia os comentários e faça a sua reserva aqui.

Cataleya – Aruba Vacation Apartments

O Cataleya fica no final da Mainstreet, na praça em que o bondinho faz sua ponto final e foi inaugurado em maio de 2015, ou seja, está novinho em folha. Apesar dele não estar perto de nenhuma praia, eu ponho na lista dos que não precisaria alugar carro porque a Mainstreet é pequenininha, dá para caminhar facilmente ou tomar o bondinho, chegar ao terminal de ônibus e ir para Eagle ou Palm Beach. Os quartos (são só 5) são grandes, têm pia e gabinete para fazer café e micro-ondas.

Veja os preços e disponibilidade aqui.

Opções em que é preciso alugar carro

Eagle Beach

Arubianna Inn

Essa pousada fica pertinho do Super Food, que é um dos maiores supermercados de Aruba. As suítes são grandes e bem equipadas e a pousada tem uma piscina de tamanho médio. É tudo bem cuidado e têm wifi de alta velocidade. Eles têm uma opção de café-da-manhã que os leitores do site que se hospedaram lá gostaram muito.

Veja os preços, os comentários e faça a reserva aqui.

Hidden Eden Aruba

Na região de Eagle Beach, mas já em direção ao centro da ilha, esta pousada tem um dos melhores quartos para a sua faixa de preço, com cama king size, geladeira e apetrechos de cozinha. Os pontos fortes são o atendimento e o café-da-manhã.

Veja os preços, leia os comentários e faça a reserva aqui.

Aruba Blue Village

aruba blue village

Também na região de Eagle, em direção ao centro da ilha, fica a maior pousada da ilha em termos de área construída e número de quartos. O Aruba Blue Village tem forma de L e em uma parte ficam os estúdios e na outra parte as suítes de 1 ou 2 quartos. Cada asa tem sua própria piscina e na parte onde estão as suítes, tem até um parquinho infantil. Os quartos são grandes e dentro existe uma lanchonete onde dá para fazer lanches por preços bem baratos, difíceis de se encontrar em Aruba.

No meio da ilha

Guesthouse Littledavid

Essa é a única pousada LGBT da ilha. Os donos são gays, como não podia deixar de ser, e moram no local. Existem dois tipos de quarto, com duas camas de solteiro e com cama de casal. O lugar não aceita crianças e de todos os modos, o foco são adultos e não família.

Veja os preços, leia os comentários e faça a sua reserva aqui.

Rancho Azul

Essa não é uma pousada, mas sim uma casa que se aluga por temporada. Fica no bairro de Noord, perto, de carro, de Palm Beach, numa parte alta, com ótima vista da ilha. Em dezembro, uns amigos vieram e ficaram hospedados lá e eu gostei muito, então recomendo para quem vier com família. A casa tem 3 quartos e 3 banheiros, banheira e churrasqueira. É super fresca e agradável.

Veja os preços e faça a sua reserva aqui.

Para podem escolher qual tipo de hospedagem, leiam também meus posts sobre os resorts e o que eu explico os timeshares. Se você já veio e se hospedou em alguma dessas pousadas ou quer recomendar alguma que não está na lista, comente aí abaixo e ajude quem está planejando sua viagem. 😉

 

Dicas para viajar para Aruba com bebês

Aruba é considerado por muitos o melhor destino do mundo para viajar com bebês e crianças: praias rasinhas, mar tranquilo, boa oferta de hotéis com infraestrutura e quartos com cozinha completa. Mas toda mãe de bebê ou criança pequena tem aquela preocupação: o que eu preciso levar, o que eu acho fácil por lá e o que eu não acho. Então, com a intenção de ajudar as mães a diminuir o nível de ansiedade, vamos lá para as dicas:

Leite

Se o seu bebê toma mamadeira, saiba que as marcas de leite artificial mais fáceis de encontrar em Aruba são Nutrilon, que no Brasil é vendido como NAN e Similac. Essas marcas são encontradas em qualquer farmácia ou supermercado em toda a sua gama de produtos: número 1, número 2. de soja, hipoalergênico e outras variedades. Existem algumas marcas europeias também, mas não são tão fáceis de encontrar.

Igualmente fácil de encontrar é o leite Ninho, que aqui é vendido com o nome de Nido e também a marca holandesa Frisian Flag. O cereal para leite conhecido como Neston no Brasil aqui é vendido como Nestum e também se encontra em diferentes variedades. Se o seu bebê tomar qualquer outra marca de leite que não sejam essas, melhor trazer do Brasil porque aqui não vai ter. Dica importante para mães que dão mamadeira: a água de torneira de Aruba é de qualidade excepcional. Use e abuse!

Aqui também se encontra facilmente suplementos calóricos como Pediasure e Ensure.

tipos de leite em aruba

Fraldas

Aqui se encontra facilmente e em qualquer lugar as marcas Pampers e Huggies, além de algumas outras marcas menores. Não sei se a qualidade das fraldas do Brasil melhorou nos últimos anos, mas quando minha filha usava fraldas (cinco anos atrás) e eu ia viajar para o Brasil, eu preferia levar minha mala cheia de fraldas do que ter que comprar lá. Eu me lembro que para conseguir fralda de uma qualidade melhorzinha tinha que ser de uma marca específica, além de ser mais cara. Aqui as fraldas são importadas da Holanda ou dos EUA e têm ótima qualidade, todas. Então, se a qualidade das fraldas brasileiras ainda for como há cinco anos, eu recomendo que deixem para comprar aqui. Se vocês virem qualquer marca holandesa (onde estiver escrito luiers leia-se fraldas), podem comprar sem medo porque são sempre ótimas.

Outra coisa fácil de achar por aqui e no Brasil é difícil, são fraldas de tamanhos grandes para crianças que ainda têm dificuldade de controlar o xixi à noite. Eu me lembro que quando minha filha tinha uns dois anos e meio e ainda usava fraldas, já era bem difícil encontrar fraldas do tamanho dela. Aqui, encontra-se facilmente fraldas até mesmo para crianças de 7 ou 8 anos.

fraldas em Aruba

Potes de papinhas

Como no Brasil a Nestlé tem o monopólio das papinhas, a grande dúvida das mães é se aqui tem os potinhos dessa marca. Fiquem tranquilas que tem sim, só que aqui eles são vendidos com a marca Gerber, que é como a Nestlé identifica seus produtos alimentícios para bebê nos EUA. E como em Aruba os potinhos dessa marca são importados dos EUA, sempre vai ser como Gerber que você vai encontrá-los.

papinha gerber

Só que, diferente do Brasil, aqui em Aruba não existe monopólio no ramo das papinhas, então existem muitas outras marcas, tanto dos EUA quanto da Europa, inclusive várias que não têm alimentos geneticamente modificados, como a BeechNut e marcas de papinhas orgânicas como a Earth’s Best. Se você quiser comprar papinhas orgânicas e está vendo uma embalagem em holandês, veja se está escrito biologisch.

marcas de papinhas

Cadeirinha do carro

Para quem vai alugar carro em Aruba e vem com crianças pequenas, eu recomendo que tragam a cadeirinha do Brasil ou paguem a diária da cadeirinha ou do booster junto com o aluguel. Não que em Aruba a fiscalização seja rigorosa, mas existem muitos carros circulando, tanto na mão de turistas quanto na mão de locais e a possibilidade de freadas é grande.

Remédios

Em Aruba, a venda de remédios/medicação é bem regulada. Isso significa que quando um remédio exige receita médica, você realmente vai precisar da receita, eles não deixam passar. Então o que se encontra fácil é paracetamol, xaropes e coisas simples assim. Por isso eu recomendo que cada família venha com aqueles medicamentos que acha que vai precisar. Caso você precise de outro, saiba que farmácia aqui chama-se Botica. Na área dos hotéis, a única farmácia que existe está em Eagle Beach, perto do hospital. Grande parte dos remédios é importada dos EUA, então caso você esteja vendo na prateleira e não saiba exatamente para quê serve, dê uma olhadinha nesta lista que a Luciana Misura fez com os nomes de remédios infantis no Brasil e o seu equivalente nos EUA. Praticamente todos os remédios que ela lista e põe foto você encontra numa farmácia daqui.

Hospedagem

Eu acho que para bebês e crianças pequenas, ficar em um quarto com cozinha ou em um all-inclusive são as melhores opções. A oferta de quartos com cozinha é enorme, mais da metade dos quartos da ilha tem esse tipo de configuração devido ao grande número de timeshares. Nesse post eu explico melhor como funciona o aluguel de um quarto de timeshare.

Uma dica que eu dou para qualquer família com criança: alugue uma suíte, sempre que puder. Eu acho que, com criança, ter o quarto separado da sala é uma necessidade, não luxo. Quando a gente viaja, principalmente para destino de praia, as crianças acabam cansando e dormindo cedo. E a hora que a minha filha dorme é a hora que eu e meu marido podemos conversar, ver televisão, ler ou fazer o que quisermos. E, pelo menos com a minha filha, é impossível fazer isso enquanto ela dorme. Eu sei que tem gente abençoada com crianças dormem com barulho e com luz, mas esse nunca foi o nosso caso. Se a minha filha dorme, sem chance da gente assistir televisão, por exemplo, porque ela acorda na mesma hora. A única vez em que viajamos e ficamos em um quarto normal depois que ela nasceu foi para La Coruña, quando ela tinha oito meses. Daí quando ela dormia, nós tínhamos a situação absurda de um ter que ficar com ela no quarto fazendo nada em absoluto silêncio enquanto o outro descia para usar o laptop no lobby do hotel. Depois dessa, nunca mais. Até hoje fazemos questão de reservar suíte em todas as viagens.

Roupas

Aqui faz calor o ano inteiro, mas também venta o ano inteiro, então para sair à noite sempre tem que ter uma roupa mais quentinha. Para o dia, eu recomento muitíssimo as camisetas com proteção UV. Aliás, isso por aqui é tão comum que não se assuste se algum estranho vier te dar uma bronca ou dar um olhar atravessado se o seu bebê não estiver usando uma.

Quem já tiver vindo para Aruba e quer acrescentar alguma coisa, escreva nos comentários. 😉

Mergulho, jetlev, passeio por bares e paraquedas em Aruba

Atualizado em agosto de 2017

Essa semana estou adicionando mais um grupo de atividades à disposição para reserva, entre as quais o jetlev, o passeio de bares (bar hopping), mergulho e paraquedas. Todas as atividades podem ser reservadas mandando um email para info@guiadearuba.com.

Porque comprar os passeios através do blog

  • Comodidade: eu levo os vouchers ao seu hotel.
  • Você vai saber todos os detalhes e tirar dúvidas do passeio ou do transfer comigo, em português.
  • O preço é exatamente o mesmo preço que você pagaria para a operadora de turismo. Você não paga a minha comissão, eles pagam.
  • Você ajuda a manter o blog e apoia a criação de conteúdo atualizado.

Jetlev, Flyboard e Hoverboard

jetlev

Jetlev

Alguém a fim de voar sobre o mar, subir a 9 metros do nível do oceano ou andar sobre as águas? Isso é o que o que essas três atividades oferecem. O jetlev consiste de uma mochila com um motor que usa a força da própria água para impulsionar a pessoa. O regulador de pressão pode ser controlado por quem está usando a mochila ou pelo instrutor que o acompanha, para que a experiência seja segura.

flyboard aruba

Flyboard

Já no flyboard, a propulsão da água vem de uma mini prancha. Ela fica conectada a um jetski, que serve como apoio para a estrutura do equipamento e o praticante controla a força do jato para subir ou descer. Quem tiver experiência com skate pode fazer manobras bem parecidas sobre a água e vai ter mais facilidade.

Hoverboard

Hoverboard

O hoverboard é uma prancha com propulsão de água de tamanho intermediário, maior que o flyboard e menor que uma prancha de surf. Ela não fica conectada ao pé do praticante, o que significa que ele pode ficar de pé ou sentado nela. Praticantes de skate ou de surf têm mais facilidade com esse esporte.

As três atividades começam com um instrutor dando uma explicação de como usar o equipamento e como se comunicar com ele durante a atividade. Depois das instruções, o participante tem 25 minutos para operar o equipamento, sendo que no caso do jetlev, a maioria das pessoas é capaz de fazer o voo durante os primeiros 5 a 10 minutos. Em relação ao nível de dificuldade para iniciantes, a atividade mais fácil é o jetlev. Para skatistas ou surfistas, o flyboard e hoverboard são mais recomendados pela possibilidade maior de fazer manobras. No total, as atividades duram 30 min.

Para quem quiser ver como o jetlev funciona na prática, dêem uma olhada nesse vídeo aqui.

Requisitos: idade mínima de 16 anos, comprovada por algum documento. Para menores de 18 também exige-se assinatura de algum dos pais. Ser bom nadador. Altura mínima de 1,45m e máxima de 2,05m. Peso máximo: 130kg. Atividade não recomendada para grávidas.

Horário: as atividades estão disponíveis das 8:30h às 16:45h

Preço: $99 (+3,53%), por 20 minutos de vôo.

Passeio por bares – bar hopping

Esse é o passeio ideal para quem quer se divertir, dar umas risadas, conhecer gente nova e de quebra, beber por um preço mais amigável que os bares mais turísticos.

Existem três opções de passeio:

Pub Krawl: sai de segunda a sábado e visita 4 bares. O pick-up nos hoteis é entre 20h e 21h e o tour acaba à meia-noite. Em cada bar, você é recebido com 1 shot, que é uma dose de bebida alcoólica. Qual a bebida varia em cada bar. Se você quiser beber mais, o bar oferece preços especiais as bebidas da casa. Custa $46 por pessoa.

Dinner & Nightlife Tour: sai de segunda a sábado e inclui um jantar com bebida num restaurante típico e 3 bares. Em cada bar você é recebido com 1 shot e as bebidas adicionais são pagas à parte. O pick-up nos hoteis é entre 17h e 18:30h e o tour acaba à meia-noite. Custa $67 por pessoa.

Wine on Down The Road: sai de segunda a sábado e inclui 4 restaurantes. Em cada restaurante, você é recebido com uma taça de vinho ou champagne e um aperitivo que é escolhido por fazer um bom par com a bebida. Em cada restaurante o sommelier explica as características do vinho. As bebidas adicionais são pagas à parte para quem quiser. O pick-up nos hoteis é entre 17h e 17:30h e o tour acaba às 21:30h. Custa $98 por pessoa.

Salto de paraquedas

paraquedas aruba

Para aqueles que querem ter uma experiência inesquecível em Aruba, nada melhor que saltar de paraquedas! Essa atividade está disponível todos os dias da semana, a cada 2 horas: às 8h, 10h, 12h, 14h e 16h. Duas pessoas podem saltar por vez e o salto sempre é junto com o instrutor, ou seja, não é preciso ter experiência prévia. Custa $250 por pessoa e o limite de peso é de 100 kg.

Mergulho em Aruba

Scuba diving

 Preços

  • mergulho com um cilindro                                        $52
  • mergulho com 2 cilindros (inclui fruta fresca)          $82
  • pacote com 5 cilindros                                             $199
  • pacote com 10 cilindros                                           $309
  • aluguel de equipamento completo                           $30 por dia ($10 por item) $120 por semana
  • mergulho acompanhado por dive master particular para mergulhadores certificados em mergulhos públicos                                           $99 por mergulho
  • acompanhante não-mergulhador                            $20
  • acompanhante que vai fazer snorkel                      $30 (inclui equipamento de snorkel). Mergulhadores têm prioridades sobre acompanhantes. Acompanhantes podem ser cancelados se mais mergulhadores quiserem fazer o passeio e houver capacidade. Máximo de um acompanhante por mergulhador.
  • Há um imposto de 3,53% a ser acrescentado ao preços.

Duração do passeio

O tour de 1 cilindro dura aproximadamente 2 horas e o de dois cilindros dura aproximadamente 4 horas.

Mergulhos noturnos

Assim que o sol se põe, é hora de por a máscara e pular do barco. Os recifes se enchem de peixes noturnos e você pode observar com a sua lanterna de mergulho. Os locais para esse passeio são recifes de pouca profundidade ou os barcos naufragados.

Preço

  • 1 cilindro para mergulho noturno                        $65.00 mais 3,53% de impostos

Duração do mergulho

Aproximadamente 2 horas.

Passeios privados de catamarã

Para quem prefere exclusividade e flexibilidade de horários, existe uma frota de quatro catamarãs com capacidade de até 100 pessoas, que podem ser alugados para passeios privados de snorkel ou para festas e grupos. Todas as opções de passeio são oferecidas em exclusividade, com o capitão do barco à disposição dos passageiros, que têm a flexibilidade e escolher seus lugares prereridos para snorkel. Os preços começam em $1.925 para o menor catamarã da frota, por 2 horas, com bebida, aperitivos e equipamento de snorkel incluídos.

Para informação sobre qualquer um dos passeios, mande um email para info@guiadearuba.com.

Os outros passeios que podem ser agendados pelo blog são:

Tour com guia brasileira

Passeio de barco com a Jolly Pirates

Venda de passeios e transfer

Tour em português com guia brasileira

Site do Kukoo Kunuku

Site da Red Sail Sports

Site da Skydive Aruba

Instrutor de kitesurf e turista resgatados

Nesse domingo de Páscoa Aruba está vivendo sua própria história de renascimento com o resgate do instrutor de kitesurf e do turista americano desaparecidos desde a sexta-feira. Na 6ª feira passada, um instrutor de kitesurf e um turista americano desapareceram. Ninguém sabia se eles estavam juntos e conhecidos de cada um deram o alarme de desaparecimento por separado.

Na própria 6ª feira, tanto a guarda costeira quanto barcos particulares começaram percorrer a costa buscando qualquer indício deles mesmo sem saber ao certo onde buscar já que ninguém sabia nem se eles estavam juntos e menos ainda onde eles poderiam ter ido.

No sábado a notícia começou a circular nos noticiários americanos e todo mundo por aqui estava bastante preocupado com a repercurssão de um caso assim no turismo local. Enquanto isso, as buscas continuavam, mas já pensando na pouca perspectiva de encontrá-los vivos. Até que no sábado à noite, um navio petroleiro os avistou à deriva a 60 km ao sul de Aruba. Eles estavam juntos em um pequeno bote. O petroleiro avisou a guarda costeira que foi resgatá-los com seu navio. Nós temos um amigo que trabalha na guarda costeira e uma vez visitamos a fragata por dentro, é essa da foto abaixo. O kitesurf também foi encontrado por um outro navio cargueiro a 97 km de Aruba.

fragata da guarda costeira

Foi então que o mistério foi resolvido e eles contaram o que aconteceu: aparentemente na 6ª feira de manhã, o turista resolveu fazer kitesurf sozinho na praia de Fisherman’s Hut, logo depois do Ritz Carlton. Ele teve problemas em alto-mar e o instrutor, que estava preparando seu equipamento na praia viu. Então, ele pegou o seu pequeno bote a motor e foi resgatá-lo. Quando ele conseguiu por o turista dentro do bote, o motor falhou e eles ficaram à deriva. A sorte deles é que o instrutor tinha provisão de água dentro do bote porque senão eles não teriam sobrevivido quase 40 horas à deriva. Eles disseram que chegaram a passar perto de outro navio cargueiro mas não conseguiram ser notados. Na segunda noite que passaram em alto-mar, passaram outra vez perto de outro cargueiro, mas dessa vez foi mais fácil usar o sinalizador que tinham dentro do bote.

Depois de serem encontrados, eles dormiram dentro da fragata e hoje de manhã chegaram à Aruba. Assim que entre a desaparição na sexta-feira e o retorno no domingo de Páscoa, esses dois tiveram sua própria história de renascimento. Feliz Páscoa a todos!

Chegada do instrutor e do turista a Aruba. Foto:24ora

Novo serviço – venda de passeios e transfer

Post atualizado em fevereiro de 2017

Hoje tem novidade no blog: a partir de agora eu posso vender e agendar tanto passeios por Aruba quanto transfers aeroporto-hotel-aeroporto. Em dezembro eu abri a minha empresa de marketing e vendas e agora vou começar a oferecer vários serviços, entre os quais a venda de passeios e transfer. O meu primeiro acordo já feito é com a maior operadora da ilha, mas em breve eu vou estar oferecendo os passeios de outras operadoras também.

Porque comprar os passeios através do blog

  • Você vai saber todos os detalhes e tirar dúvidas do passeio ou do transfer comigo, em português.
  • O preço é exatamente o mesmo preço que você pagaria para a operadora de turismo. Você não paga a minha comissão, eles pagam.
  • Você ajuda a manter o blog e apoia a criação de conteúdo atualizado.

Opções e preços de passeios

Submarino Atlantis – o submarino baixa a 130 pés e permite ver peixinhos, corais, navios naufragados, enfim um prato cheio para os olhos. Duração: 2h. Preço: $105 para adultos e $79 para crianças de 4 a 12 anos. Menores de 4 anos não podem fazer o passeio. Vejam a foto e entendam o porquê.

submarino

Foto: site da De Palm

Semi-submarino – Uma ótima alternativa para quem tiver filhos pequenos. Nele você tem um pouco mais de mobilidade. Nesse tour a parte de baixo do navio é revestida de vidro, então você tem a possibilidade a vida marítima e tirar ótimas fotos. Duração 1:30h. Preço: $39 para adultos e $29 para crianças de 3 a 12 anos. Menores de 3 anos não pagam.

semi submarino

Foto: site da De Palm

Passeio de veleiro ao pôr-do-sol – um passeio especialmente recomendado para os românticos, passa pelo litoral da ilha e permite fazer fotos sensacionais. Duração: 2h. Preço: $69 para adultos e $52 para crianças de 3 a 12 anos. Menores de 3 anos não são admitidos.

veleiro

Foto: site da De Palm

De Palm Island – essa é a atividade favorita da nossa família e indicado especialmente para quem tem crianças. Na ilha tem um parque aquático capaz de entreter por horas, tem muita sombra disponível tanto na frente do parque aquático quanto nas praias e tem banana boat e equipamento de snorkel incluídos. A comida e a bebida são no sistema all-inclusive com bufê no restaurante e quanto uma lanchonete que prepara lanches quando você pedir. Funciona das 9h às 17h. O preço é $104 para adultos e $79 para crianças de 4 a 12 anos, incluído o ônibus que busca e leva. Crianças até 3 anos não pagam.

vista do parque aquatico

Na parte da tarde, os jatos de água fazem um arco-iris

Atividades opcionais da ilha:

Sea trek – vestindo um capacete que permite que a sua cabeça fique seca e você respire, você desce até o solo do mar e pode ver a vida marítima de perto. Preço: $49 p/adultos e $36 para crianças de 8 a 12 anos.

Snuba – indicado para quem quer ver mais abaixo e não quer levar um equipamento pesado de mergulho. O mergulhador, acompanhado por um guia, respira por um cano que está ligado a um tubo de oxigênio que fica flutuando. Preço: $49 p/adultos e $30 p/crianças de 8 a 12 anos. Existe uma opção chamada snuba doo para crianças de 4 a 7 anos, em que elas usam um colete que fllutua e assim podem acompanhar os mais velhos no snuba.

snuba

Foto: site da Palm Island

Power snorkel – acompanhados de um guia, aqueles que quiserem fazer snorkel de uma maneira mais divertida, recebem um equipamento com motor para aumentar a velocidade. Preço: $29. Idade: 16 anos ou mais.

power snorkel

Foto: site da De Palm

 Tours de veleiro com snorkel

Morning snorkel adventure – na parte da manhã, dura 4h, inclui open bar e almoço. O veleiro vai ao Antilla, o barco naufragado na Segunda Guerra Mundial, a Boca Catalina e ao recife de corais de Arashi. Preço: $89 para adultos e $64 para crianças de 3 a 12 anos. Não se permite menores de 3 anos.

vista do naufágio Antilla

Parada para snorkel sobre o naufrágio do Antilla

Afternoon delight – na parte da tarde e dura 3h. Vai aos mesmos lugares que o da manhã e inclui open bar e salgadinhos. Preço: $69 para adultos e $52 para crianças de 3 a 12 anos. Não se permite menores de 3 anos.

Passeios off-road com veículos 4×4

Baby Beach Jeep Safari (dia inteiro) – Esse passeio vai pela fazenda de avestruzes, por Ayo, pela praia de Andicuri, para em Blackstone Beach para mergulho, pelo park arikock, pelas cavernas, finalizando em Baby Beach para aproveitar a praia e mergulhar. Salgadinhos, água, almoço e equipamento de snorkel incluídos. Preço: $109 para adultos e $81 para crianças de 5 a 12 anos. Não permite menores de 5 anos.

jipe safari

Natural Pool com Land Rover (meio-dia) – essa excursão passa pelas ruínas das minas de ouro, pela prainha de Wariruri, capela de Alto Vista, Farol California, Arashi e para para mergulho na piscina natural. Salgadinhos, água e equipamento de snorkel incluídos. Preço: $99 para adultos e $76 para crianças de 8 a 12 anos. Não é permitido para crianças menores de 8 anos.

piscina natural aruba

Safari de quadriciclo – para os super aventureiros, tem a possibilidade de ir de excursão dirigindo um quadriciclo. A rota também incluir a parte norte da ilha, passando por Ayo, Andicuri, Wariruri, capela de Alto Vista e Farol California. O passeio dura 3 horas e embora a maioria dos quads sejam para 2 pessoas, existem alguns para 3 também. O motorista tem que apresentar uma carteira de motorista válida e ter pelo menos 23 anos. Os passageiros têm que ter no mínimo 12 anos. Preço: $239 por veículo para o passeio na parte da manhã e $219 para o passeio na parte da tarde. Por $109 adicionais pode-se pedir um quad de 3 pessoas.

quadriciclo

Excursões de ônibus

Aruba sightseeing (3h de duração) – passa pelas minas de ouro, pela capela Alto Vista, pelo farol California, por Arashi e tem paradas na Butterfly Farm (fazenda de borboletas) e na Piscina Natural. Preço: $40 para adultos e $30 para crianças de até 12 anos. Sem restrição de idade.

onibus do tour

Discover Aruba (5h de duração) – esse tour passa pelas formações rochosas de Casibari, as minas de ouro, a natural bridge, a capela de Alto Vista, o farol California e para em Baby Beach para um mergulho. Almoço incluído. Preço: $69 para adultos e $52 para crianças até 12 anos. Sem restrição de idade.

Vale lembrar que essas excursões são com guias que falam inglês e espanhol. Quem quiser um tour personalizado com guia brasileira, pode me contatar também.

Um lembrete em relação aos preços: quem dá o preço é a operadora, não eu e eles não dão desconto só porque alguém pede. Pode rolar desconto para grupos a partir de 20 pessoas, mas menos que isso sempre vai ser esse preço mesmo.

Quando você estiver planejando o que fazer cada dia em Aruba, tente não agendar nada para o dia seguinte à sua chegada. O primeiro dia deve ser um dia para conhecer o hotel, a praia do hotel, ver onde se buscam as toalhas, como funciona tudo. Sempre existe a possibilidade de você não ter tido um bom vôo, das malas não terem chegado, do avião ter atrasado, de estar cansado, de querer dormir um pouquinho mais. Para os outros dias sim: toda a diversão do mundo!

As modalidades de transfer são simples: $20 por pessoa, em ônibus de turismo, que inclui ida e volta: aeroporto-hotel e hotel-aeroporto. Caso vocês prefiram algo personalizado, existe um transfer vip, em táxi de alta categoria.

Todos os preços dos passeios  estão em dólar.

A minha ideia inicial era vender os passeios on-line, mas isso ainda não é possível, então de momento quem estiver interessado em agendar os passeios ou transfers, pode escrever para info@guiadearuba.com dizendo quantas pessoas são, qual passeio estão interessados, dia da chegada e nós combinamos.