Resumão de dicas sobre imigração para Aruba

Eu vou tentar dar uma resposta geral para uma pergunta frequente aqui no blog e no meu email: como eu faço para morar e trabalhar em Aruba?

Então vamos lá: é difícil, muito difícil. A não ser que você se case com um arubiano, conseguir o visto de residência é mais difícil que na maioria dos países da Europa ou da América do Norte. A justificativa é simples: Aruba é uma ilha pequena, mede apenas 33 km de extensão por 9 km de largura na sua parte mais larga. E nesse pequeno espaço moram cem mil pessoas. Além disso, a população flutuante é maior ainda que o número de pessoas que moram aqui. Isso significa que em janeiro, por exemplo, na altíssima temporada, a ilha chega a receber quase 200.000 turistas, ou seja, nesse pequeno espaço chegam a conviver quase 300.000 pessoas. Então, além da política de imigração ser restritiva, não existe uma perspectiva de que mude para que fique mais “fácil” imigrar. Vou tentar explicar como funciona em diferentes casos.

No meu caso, por casamento com arubiano, é assim: de preferência, você tem que se casar no civil aqui, porque é um papel a menos para legalizar e traduzir. Com a certidão de casamento em mãos, você tem que juntar uma porrada de papéis do seu país de origem, como certidão de nascimento, atestado de estar quites com o imposto de renda, certidão de antecedentes penais, fazer exame de chapa de pulmão, resultado de teste de HIV negativo, entre muitas outras coisas. São 25 itens no total e todos os documentos brasileiros tem que ter firmas reconhecidas e posteriormente, tem que ser autenticados no consulado holandês e finalmente ter uma tradução jurada para o holandês. O visto tem que ser renovado anualmente (e todos os papéis tem que ser pedidos de novo, porque eles exigem que tenham sido emitidos em um prazo não superior a 6 meses) e paga-se 620 florins (882 reais pelo câmbio de 11 de novembro de 2014) todos os anos. E esse é o jeito fácil.

O segundo caso, e mais difícil, é conseguir um visto de trabalho e residência. Para que se consiga um, obrigatoriamente uma empresa precisa fazer uma oferta de trabalho antes que você deixe o país, no caso, o Brasil. Porque quando você chegar aqui, vai ter que apresentar também toda a papelada anterior. Mas o problema é que a empresa consiga fazer uma oferta de trabalho para você. Para que ela possa fazer isso, ela tem que provar que em Aruba não existe ninguém com essa qualificação. Ela precisa anunciar a vaga em jornais e/ou agências de emprego e mostrar que ninguém atendia àquelas qualificações. E isso não só é difícil, como custa dinheiro. A renovação do visto também é anual e pedem toda uma papelada tanto para o empregador quanto para o empregado.

Daí vem a pergunta: e trabalhar ilegal? Possível é, mas é muito difícil. Eu acho que o principal problema é que se você está ilegal, não tem acesso ao sistema de saúde que, como eu expliquei antes, é único por aqui. E se você tiver um acidente, por exemplo? Você vai ter que ir ao único hospital da ilha e pagar pelo atendimento. Mas esse é o menor dos problemas. O grande problema é que se algum enfermeiro, médico ou funcionário do hospital não achar legal um imigrante ilegal estar morando aqui, ele pode te denunciar para a polícia e você pode ser deportado. Então não tem ilegais? Tem sim, mas normalmente são colombianos ou venezuelanos, que pela proximidade do próprio país, acabam se arriscando.

Um exemplo de como é complicado ser ilegal é o tempo médio de residência dos brasileiros que moram aqui. Eu diria que a média é de 25 anos. São brasileiros que vieram numa época em que as portas estavam abertas, a burocracia era bem menor e dava para se arriscar. Essa galera já legalizou sua situação há muito tempo. Eu não conheço nenhum brasileiro que esteja residindo ilegalmente em Aruba, bem ao contrário da Espanha, onde eu conhecia vários.

Outra possibilidade de morar em Aruba é conseguindo o visto de residência, mas não de trabalho. Isso é possível ao se comprar algumas semanas de timeshare ou um imóvel na ilha. É assim que muitos americanos acabam morando aqui, normalmente aposentados fugindo do frio.

E a última possibilidade é abrir um negócio. Só que, apenas é permitido abrir negócios na ilha se pelo menos um dos donos for arubiano. Isso significa que obrigatoriamente você vai ter que ter um sócio local. Essa regra vale para todo e qualquer tipo de negócio, até o Radisson e o MacDonald’s tiveram que conseguir um sócio daqui para abrir suas portas.

Outros esclarecimentos que costumam povoar os mails que eu recebo: ter passaporte europeu ou greencard americano não facilita em absolutamente nada o processo de visto de trabalho ou residência. O processo é igual para todos, exceto para os de passaporte holandês, obviamente. Eu, por exemplo, fiz o meu processo de pedido de visto com meu passaporte espanhol, mas simplesmente pela facilidade em relação à documentação. Como o Brasil não assina a convenção de Haia para a legalização de documentos, sempre tem aquele pesadelo de reconhecer firmas, legalizar no consulado e fazer tradução juramentada. Como tanto Aruba quanto a Espanha são assinantes do convênio, eu só preciso ter meus documentos espanhóis com a apostila de Haia e já está valendo.

Esclarecimento final: eu não sei como está o mercado de trabalho para nenhuma profissão, pessoal. Sério. A minha recomendação para quem quer procurar trabalho em Aruba: venham como turistas e procurem vocês mesmos. Como a ilha é pequena, qualquer que seja a sua área de trabalho, não vai ser difícil saber se existe demanda ou não. 😉

100 ideias sobre “Resumão de dicas sobre imigração para Aruba

  1. Bom dia, será que pode me esclarecer uma dúvida? se eu comprar um imovel em Aruba após me aposentar, posso passar quantos meses por ano eu quiser na ilha ?
    teria como ter noção de preços de imoveis ?
    Muito obrigado!

  2. olá Biel
    gostaria de tirar uma dúvida com você
    namoro um holandês a 8 meses e queremos nos casar.
    irei para aruba para dar início, é melhor casar em aruba ou no Brasil? e como funciona os papéis para residência e se passo ter direito a entrar em outros países quando me casar e conseguir a residência?

    • Oi Fernanda,

      Se o seu namorado mora em Aruba, é melhor casar-se aqui. Se você conseguir a residência em Aruba, ela só vale para Aruba. Depois de alguns anos de casada e morando em Aruba você pode pedir a nacionalidade holandesa e com essa nacionalidade você pode residir na Holanda, se quiser.

      Abraço,

      Bel

  3. boa noite , Bel

    Sou Eletricista já morei em Miami e Orlando . Estava pensando em voltar para Orlando até um amigo falar sobre Aruba.
    Seu marido sendo Arquiteto vc saberia responder se para Eletricista ha mercado?

  4. Trabalho em negócios online, preciso de uma internet e um notebook pra ganhar minha renda, consigo um visto de moradia tendo uma renda que independa da região aonde eu more? Minha intenção é ficar uns 4 anos e tentar a cidadania holandesa, para quem vive da internet tem algum tipo de visto? Na espanha sei que existe um visto para aposentados ou para quem tem a vida ganha, alguma fonte de renda que não dependa da pessoa trabalhar no país, eu procuro uma opção parecida em aruba, você saberia me explicar como seria a melhor forma de fazer?

  5. Olá Bel! Li em uma das respostas que vc desconhece os procedimentos para Curaçao. Sabe se há muita diferença nos tramites que são solicitados em Aruba?

    2) sabe algo sobre o mercado de trabalho no mercado financeiro e/ou econômico da região (Aruba ou Curaçao)?

    3) falar o papiamento ou holandês, ajuda na obtenção de vistos para residir aí?

    Obrigado!

  6. Bel, oi
    Moro em Manaus e já visitei Aruba muitas vezes, adoro a ilha, a paz, a tranquilidade, as praias, tudo enfim.
    Estou para me aposentar (55 anos) e gostaria de todo ano passar 3 meses em Aruba.
    Qual seria a melhor opção para ficar, hotel sei que seria caro, e aluguel quanto sairia por mês e de preferencia perto das praias.
    Falo ingles fluente.

    • Oi Katia,

      Para passar mais de um mês já é complicado, você precisa fazer uma entrevista na polícia, onde eles vão pedir que você comprove seus meios, se tem conhecidos na ilha que poderiam te apadrinhar, entre outras coisas. Eu acho que você pode planejar isso aos poucos, comprando, por exemplo, semanas de timeshare. Dá para comprar semanas de timeshare na baixa temporada por uns $2000 por semana, daí se você for acumulando semanas, ao chegar, na imigração, você mostra que é proprietária dessas semanas e eles não vetariam sua entrada.

      Abraço,

      Bel

  7. Vou aproveitar para deixar uma opinião, não vá para o exterior se você não tiver garantias de residir legalmente, mesmo Aruba todos “enrolam” para que você não se torne residente, digo isso porque aconteceu comigo, fiquei quase 4 anos lá e tive apenas por 6 mêses meu documento (permisso) em minhas mãos, ou seja o governo recebeu a taxa e não emitiu ela na maior parte do tempo em que vivi lá, (sugiro que se você esta sofrendo desse problema vá se consultar com um advogado, a ilha é pequena e logo eles ficam sabendo e te fornecem, mas no ano seguinte a mesma história vai se repetir, é uma vergonha.
    Viver no exterior é uma “utopia” lute pelo seu pais de origem, no caso o Brasil, porque ele pode ser o melhor pais do mundo, só depende de nós.

    • Trabalho em negócios online, preciso de uma internet e um notebook pra ganhar minha renda, consigo um visto de moradia tendo uma renda que independa da região aonde eu more? Minha intenção é ficar uns 4 anos e tentar a cidadania holandesa, para quem vive da internet tem algum tipo de visto? Na espanha sei que existe um visto para aposentados ou para quem tem a vida ganha, alguma fonte de renda que não dependa da pessoa trabalhar no país, eu procuro uma opção parecida em aruba, você saberia me explicar como seria a melhor forma de fazer?

  8. Boa tarde Bel, o meu nome é Ricardo e vivi a cerca de 20 anos atrás em Aruba, casei com uma brasileira que eu ja namorava aqui no brasil,
    Nos separamos nesse intervalo de tempo e agora estou buscando ajuda porque estou sem condições de ir até aí para fazer o divórcio, e virou uma “grande dor de cabeça” casar aí,
    Necessito de algum advogado que possa fazer sem que tenhamos que ir até aí e que não cobre muito, se você puder me ajudar.
    Sugiro a todos que pensem bem antes de sair do brasil, sei que aqui esta terrivel, mas viver em outro país vai ter tantas dificuldades que será que vai ser vantajoso? Abraço a todos

    • Oi Ricardo,

      Em que idioma você se comunicaria com esse advogado? Eu posso te indicar alguns, mas não saberia informar que faixa de preço eles cobram.

      Abraço,

      Bel

      • Bel para me comunicar por voz somente Castelhano mesmo, mas se for por e-mail uso o tradutor do google.
        (O único que não da é o papiamento) Abraço Ricardo S.

        • Oi Ricardo,

          Quem eu sei que se comunica bem em espanhol é o David Kock, que tem escritórios na Colômbia também. Os outros advogados que eu conheço são holandeses. Não sei quanto ele te cobraria, mas meu marido precisou de um aconselhamento uma vez e ele cobrou um preço mais barato em relação aos outros advogados da ilha. O site dele é esse aqui: http://www.davidkock.com/espanol/

          Abraço,

          • Bel uma informação que iria me ajudar, se posso fazer o divórcio aí, sem um advogado constituído, se conseguir essa informação me ajuda muito e pode ajudar alguém que posteriormente necessite também. Abraço Ricardo S.

  9. ola!!
    eu e minha esposa, temos negocios no Brasil dentro do segmento de moda, qual temos franquia de uma Marca bastante conhecida. Temos real interesse em abrir em Aruba, e mudar radicalmente de vida. Dada as condições de ser obrigatorio um socio dai, existe algum grupo de investidores ou associação de pessoas interessadas ? O percentual é tambem fixado? (ou bastaria por exemplo, o socio ter alo ” simbolico” – 2-5%?

  10. Olá Bel , boa tarde !

    Estou namorando um arubiano e estamos com planos de nos casarmos em Dezembro , poderia me orientar em relação a papelada necessária caso eu vá morar em Aruba (ainda não decidimos onde iremos morar , meu namorado é um chef de cozinha em Oranjestad e tem medo de largar o trabalho para morar no Brasil), sou Arquiteta você sabe me dizer como é esse mercado em ai.

    Gratidão

    Beijos

    • Oi Bruna,

      A papelada é extensa, melhor você pegar na página de Dimas http://www.dimasaruba.aw/, são duas folhas folhas com toda a documentação. Eu recomendo que você se case aqui por causa disso, senão vai ter que ficar tirando cópias e traduzindo e legalizando em Brasília a cada quanto tempo. O mercado de arquitetura é difícil, se você já leu aqui no meu blog, meu marido é arquiteto. Em Aruba o mercado não é protegido no sentido de que não é necessário ser arquiteto para apresentar um projeto para conseguir um alvará de construção. Como alguns anos atrás quase não havia arquitetos em Aruba, eles deram autorização a quem termina o ensino médio com uma especialização técnica. Então qualquer neguinho com ensino médio com esse curso pode fazer um projeto. Isso significa que o mercado de casas é um mercado ingrato porque praticamente todo mundo recorre a essas pessoas que por aqui também podem ser chamadas de “arquitetos”. Em Aruba só existem 4 arquitetos de verdade, com curso superior, um deles é meu marido. Mas esses arquitetos acabam trabalhando mais com prédios comerciais porque só gente de negócios paga mais para ter um arquiteto qualificado. Outro empecilho que existiria no seu caso é que todo o processo de aprovação e qualquer documento oficial de Aruba está em holandês. Então aqui até existem arquitetos de fora (normalmente venezuelanos ou colombianos), mas eles acabam trabalhando para outros arquitetos, porque trabalhar nesse mercado sem falar e escrever em holandês é inviável. Outro fator a ser considerado é que, como a comunidade é pequena, muito negócio se consegue através de contatos. Meu marido trabalhou no governo 4 anos e meio antes de se arriscar a abrir seu próprio escritório exatamente por isso. Antes, ele não sentia que tinha contatos suficientes para trabalhar por conta. Enfim, são vários fatores que você deve pensar a respeito. Boa sorte.

      http://www.guiadearuba.com/a-burrocracia-da-renovacao-de-visto/

  11. Ola eu sou Natercia, sou africana e vivo no Brasil ha mais de tres anos e tou querendo viajar para Curacao p montar um salao de beleza,e, o que vc me aconcelharia?

    • Oi Natercia,

      Eu aconselho que você primeiro vá a Curaçao para passar e lá vc pode se informar na Camara de Comércio quais são os procedimentos para abrir um negócio. As leis de imigração para Curaçao eu desconheço.

  12. hola biel boa noite ! bom estou de passagem comprada para ai no proximo mês o fato e que tenho passagem de ida e volta porem não desejo voltar falo espanhol fluente e gostaria de poder tentar a vida ai sei que as coisas ai tb não são as mil maravilhas mas gostaria de tentar vc conhece algum albergue internacional por ai ou lugar aonde se pode colocar barraca de camping e qual e o preço sou vigilante mas pra mim o que conseguir fazer eu topo quero aproveitar para aprender outro idioma .se poder me indicar para alguém pra fazer uns bicos ai lhe agradeço, um forte abraço e boa semana.

  13. hola, sou brasileiro e tenho passaporte holandês , posso trabalhar em aruba ? Existe algum benefício ? Existe uma agência de viagens especializada em receber turistas brasileiros ?

    Obrigado

    • Oi Leandro,

      Com passaporte holandês pode trabalhar em Aruba sim. Que tipo de benefício você se refere? Eu tenho minha própria empresa e sou especializada em receber turistas brasileiros.

      Abraço

      Bel

      • Sou formado em Turismo e tenho uma empresa de organizacao de eventos a 15 anos. minha ideia seria ir para aruba ou saint martin e tentar abrir ou trabalhar em uma empresa para ativar a vinda de turista brasileiro e focar em grupos para convencoes ou ate mesmo para casamento. nao sei como eh este mercado. estou planejando passar alguns dias no final do ano para analisar. minha preocupacao seria saber se preciso entrar no tramite burocratico para poder viver e trabalhar em aruba por ser dupla nacionalidade.

        • Oi Camila

          não sei como é o mercado para enfermeira especificamente, mas como em qualquer profissão que tem contato com o público, o conhecimento de idiomas é essencial, pelo menos inglês e espanhol fluentes.

          Abraço

  14. bom dia querida e maravilhoso seu blog obrigado pelas informacoes que voce da.. se nao te incoma queria te fazer uma pergunta .
    meu marido tem 65 anos e e argentino queria ir viver en aruba pensamos em comprar um imovel y abrir uma loja lee o que voce mencionou sobre depois de conseguir a residencia todo ano tem que organizar a mesma papela??como se fosse pela primera vez?tambem lee sobre para abrir um negocio tem que ter socio arubeno?? se nao te molesta agradeceria muito sua informacao obrigado desde ja

    • Hola Jaqueline,

      Podemos comunicarnos en español también. Acabo de preguntar a mi cuñado que es abogado y me dijo él que se puede hacer de dos maneras. Lo primero sería comprar la casa. Eso no les da automaticamente un permiso de residencia, pero como turista y con residencia aquí se puede vivir por hasta 6 meses en un año, que puede ser continuo o en dos periodos de 3 meses.
      O despues de vez instalados aqui, ustedes podrían pedir el permiso de residencia.
      Para abrir un negocio hay que tener un socio de nacionalidad holandesa, sea de Aruba sea de los Paises Bajos. Al conseguir el permiso para el negocio, él se nombraria director del mismo y podría pedir un permiso de residencia y trabajo.

      Un abrazo,

      Bel

  15. Prezada Bel:
    Eu e a minha família estivemos em Aruba no final de janeiro de 2015 e simplesmente amamos a ilha e pensamos seriamente a possibilidade de mudarmos para aí. Seguem as minhas perguntas:
    1) se formos já decidimos comprar um imóvel em torno de 500 mil dólares. O processo é simples? Você indicaria alguém? Caso consiga comprar podemos morar sem problemas com os nossos 3 filhos( 12,10 e 8 anos) estudando aí?
    2) pelo blog entendi que trabalhar é difícil,mas no meu caso que sou médico formado numa faculdade pública em São Paulo com mestrado e doutorado com 20 anos de formado falando 5 línguas (português, espanhol,inglês,italiano e coreano) fluentes, tenho chances? Caso não consiga não tem problema que tenho renda em SP suficiente para viver lá. Só não queria ficar à toa.

    • Oi Kyu Min,

      Vou ter que informar, mas acho que no seu caso tem chances sim. Pelo fato de vc falar idiomas e ser médico. Qual a sua especialidade?

      Abraço,

      Bel

  16. ola Bel amei as suas dicas! sou belga, ai em Aruba qual idioma fala? sera que posso morar ai ? eles aceitam? ja sou aposentada quanto vale o dinheiro ai em relação ao euro? he muito caro uma casinha ai?

    • Oi Valdeci,

      Como eu digo no post, a nacionalidade europeia não faz nenhuma diferença na concessão de visto para Aruba. O preço das casas é equivalente ao preço da Europa, mas o custo de vida é menor que no Brasil. Um abraço.

  17. Olá, gostaria de parabenizar pelo post, super interessante a matéria. Bem, tenho uma curiosidade. Este processo que mencionas para residir em Aruba, este processo todo também vale para Curaçao e Bonaire?

    • Oi Patricia,

      Não vale não. Não sei qual o processo de Curaçao, mas ouvi falar que é um pouco menos menos difícil que o daqui. Já Bonaire, agora é uma municipalidade da Holanda, então vale o processo holandês, que inclui fazer uma prova de conhecimentos de holandês antes ter o visto aprovado, entre outras cositas mas.

  18. Olá Bel, tenho algumas dúvidas em relação a permanência.
    Sou brasileira mas tenho nacionalidade surinamesa (passaporte surinames) meu esposo e surinames e trabalha em Aruba a 4 anos .Ele tem uma mini empresa juntamente com um amigo holandés. Porém somente agora depois de tantas burocracias e que ele conseguiu sua primeira permanência para um ano.
    Minha pergunta e:
    Tenho possibilidade de ir para Aruba morar juntamente com minhas filhas por meio de sua permanência?
    Tenho que ficar em Suriname enquanto rola as papelada oueu posso já está lá em Aruba enquanto o processo corre?

    • Oi Ester,

      Eu não sei como é o processo de reagrupação familiar, acho que seu marido vai ter que se informar no DIMAS. Enquanto rola o processo, vc tem que esperar no país de origem, não aqui. Pelo menos esse é o processo na Holanda, imagino que aqui seja igual.

      Um abraço

  19. Olá Bel, parabéns pelo blog, fantástico …eu e minha família ( esposa, filha 2 anos, meu pai e minha mãe ) iremos para aruba agora em julho. Iremos ficar no radisson, vc acha melhor ficar na curaçao tower ou bonaire tower?…. sabe se eles têm alimentação específica para criança de 2 anos e custos?… Aqui no Brasil, normalmente os hotéis do Nordeste têm sempre arroz e feijão, bife e ñ cobram pela refeição. Outra pergunta, sou dentista, aí em aruba sabe se têm alguma loja q vende produto ou materiais odontologicos? Grande abraço.

    • Oi Andrei,

      Obrigada. Eu prefiro a Curaçao Tower porque é mais perto da piscina e tem andares mais altos, caso vc goste da vista. Desconheço qualquer alimentação específica para crianças de dois anos. Ela não come a comida da família? De todos os modos, depende de cada restaurante. Quando se trata de buffets, a maioria deles não cobra nada para crianças menores de 5. Se o restaurante for a la carte, fica a cargo da família comprar um prato para a criança ou dar do próprio prato. Eu nunca gostei de menu infantil porque normalmente são os menos saudáveis: nuggets, batata frita, bolinhos de peixe frito e por aí vai. Como minha filha come a comida da família desde os 11 meses, nunca tive problema.
      Não sei de loja de produtos odontológicos não, Andrei, desculpa.

      Um abraço

  20. Bel, optamos pelo timeshare no aruba beach club na semana 31, alugamos o
    Quarto 251, com a Olga, minha duvida, e se ela deve me enviar uma confirmação da reserva feita junto ao hotel, pois fizermos o pagamento integral e como estou indo com minha filha de 7 anos e minha esposa fico com receio de ter algum contratempo. Agradeço sua atenção aguardo resposta. Outra duvida e se consigo negociar junto ao aruba bech club para deixar o quarto por volta das 17:00hs?
    Jose Valter

    alter.

    • Oi José Valter,

      Vc só precisa da confirmação do hotel, nada dela. Não acredito que vc consiga deixar o quarto mais tarde, o que se costuma fazer é o checkout às 11h e o member’s lounge pode ser usado para deixar as malas, daí vc poderia inclusive tomar banho de piscina e trocar de roupa no vestuário perto da piscina, mas não tomar banho.

  21. Caso eu consiga comprar uma casa, Num lado da ilha existem algumas casas abandonadas, perto de Baby beach, caso eu compre uma delas eu preciso renovar o visto de residência todos os anos tb?

  22. Oi Bel, boa noite!
    Não sei se voce recebeu minha mensagem.
    Gostaria, se possível, de contar com sua ajuda para alugar um apto, ou flat, ou algum outro tipo de imovel legal, para o periodo de 02 a 08 de agosto.
    Vamos eu, minha esposa e nossa filha de 07 anos. Já conhecemos bem a ilha, pois estivemos aí, no ano passado ( nos apaixonamos). Vamos novamente alugar um carro.
    seria muito importante pra nós a sua ajuda, pois seu blog é fantático e seu conhecimento tambem.
    Um abraço,

    • Oi José Valter,

      Eu recebi sim sua mensagem, mas eu realmente não conheço nenhum imóvel para alugar nessa época. De todos os modos, só para 3 pessoas eu não recomendaria alugar nada, porque as casas de aluguel por aqui costumam ser mansões com 4 ou 5 quartos, piscina, etc. E só valem a pena para um grupo grande, de umas 10 ou 12 pessoas. Só para 3, se vc quiser algo mais em conta, vc poderia ver um timeshare, por exemplo. Essa semana que vc vem, a semana 31 é uma semana de baixa temporada. Vc pagaria uns $1.300 para ficar esses 7 dias e seria um hotel pé-de-areia, vc não precisaria de carro todos os dias, teria uma cozinha completa no quarto, que daria para economizar com comida, por exemplo.

      Um abraço

  23. Oi Bel, boa noite.

    Eu, minha esposa e minha filha de 07 anos, estivemos em Aruba no periodo de 05 a 12 de maio do ano passado. Alugamos um carro e conhecemos praticamente a ilha toda. Nos apaixonamos por tudo.
    Estamos com viagem marcada para 02 a 10 de agosto deste ano. Vamos pela Copa, mas desta vez gostariamos de alugar um imovel ( apto/flat/residencial…) para ficarmos. Alem de ser mais em conta, dá mais liberdade.
    Já pesquisei em varios sites, principalmente no tripadvisor, mas fico com um pe atras.
    Vendo seu blog, percebi a clareza e objetividade de suas respostas, sempre orientando da melhor forma.
    Gostaria de saber se voce conhece alguem que possamos entrar em contato para alugar algum imóvel para o periodo que mencionei?

  24. Oi Bel,

    Estarei aí 1 mês durante o mês de Abril seria possível encontrar-me consigo e com seu marido para trocarmos pontos de vista?

    Obrigado

  25. Estarei aí 1 mês durante o mês de Maio seria possível encontrar-me consigo e seu marido para trocarmos pontos de vista?

    Obrigado

    • Oi Ana Paula,

      Eu falei com a Maria José do Maria Bonita e ela disse que já está preparando um pacote para vc e a sua família.

      Um abraço

  26. Olá sou casado minha esposa é russa e nos dois falamos English fluent, eu trabalho com TI e ela fala 4 línguas e tem experiência com hotel ja trabalho em um hotel internacional na Turquia… Vcs acham que temos chance de conseguir bons empregos em Aruba ?

    • Oi Célio,

      A chance de encontrar emprego depende das vagas estarem abertas para estrangeiros ou não. Mandar currículo vocês sempre podem, mas muitas vezes o governo fecha as portas para a contratação de estrangeiros então mesmo que o hotel ou outra empresa goste do CV de vocês, eles não podem contratar gente de fora.

      Um abraço

  27. Boa Noite ,Bel
    Estou indo com minha familia Em um cruzeiro onde passaremos em Oranjestad (Aruba) no dia 05/03 das 8h ate 18h gostaria de conhecer os principais locais ,vc tem um guia para nos indicar?somos 16 pessoas o ideal seria Em Portugues ou espanhol.
    E tambem em Willemstad(curaçao )? O navio atraca dia 06/03 das 7h as 16h.
    Aguardo retorno,
    Obrigada
    Ana Paula

  28. Olá Bel,

    Tem uma vaga para a área do meu marido na empresa de água e energia de Aruba. Você acha que é fácil eles aceitarem um funcionário do Brasil? E caso eles chamem meu marido pra trabalhar, como procedemos?

    Estamos loucos pra nos mudar pra Aruba.

    • Oi Aline,

      Se é fácil ou difícil, depende de existir ou não em Aruba, uma pessoa com a qualificação que eles pedem. Se não existir aqui alguém assim, eles podem se interessar por uma pessoa de fora. Se eles chamarem seu marido para trabalhar, eles vão indicar os procedimentos que vcs tem que fazer para que eles mesmos dêm providenciem o visto de residência e/ou trabalho para vocês. Muitas vezes só o a pessoa que recebe a proposta de trabalho vêm com visto de trabalho, o esposo/a consegue um só de residência.

      Abraço,

  29. Bom dia, Agradeço desde já a sua ajuda. estava pensando comprar 50% de quotas de uma empresa NV mas ao que parece só posso ser administrador dela passado cinco anos até lá nunca poderei trabalhar com papeis na minha própria empresa isso é verdade?

    Obrigado,

    Um abraço

    • Oi Javier,

      Pode sim, ao ter 50% da empresa, no contrato tem que constar o seu nome como administrador. Esse é o meu caso. Eu tenho uma empresa conjunta com meu marido, mas eu é quem faço tudo.

      Um abraço,

      Bel

      • Oi Bel,
        Obrigado pela sua resposta,

        No entanto gostaria de fazer-lhe mais umas perguntas.
        Na sua opinião qual o valor que se gasta em Aruba para conseguir viver uma vida sem luxos?
        Pelo que pesquisei os artigos de supermercado essenciais são muito caros, + carro, água e luz…
        Estarei aí 1 mês durante o mês de Maio seria possível encontrar-me consigo e seu marido para trocarmos pontos de vista?

        Obrigado

        • Essa é uma coisa difícil de se dizer, Javier. Vc vai precisar de carro, porque Aruba não tem transporte público, precisa pagar aluguel, que não sai por menos de $1.400. Eu diria que pelo menos uns $5.000 por mês.

  30. Bel,boa tarde!

    Por favor preciso de algumas informações!
    Comprando uma casa em Aruba, consigo o visto de residência,como vc postou aqui.
    E pra trabalhar,como é, por ex ter um taxi, ou fazer serviços de prestação,como pintura ou outro eu posso (e consigo) mesmo sem autorização?
    E quanto é necessário ,em dólares pra viver bem aí?
    Estou pensando seriamente ir morar aí. Estive semana passada aí e vi a qualidade de vida q se tem e aqui não chega nem perto.
    Aguardo retorno
    Obrigado

    • Oi Juliano.

      Comprar uma casa dá visto de residência sim. Táxi só com autorização e atualmente não estão dando licença para ninguém, porque aparentemente, existem muitos taxistas em Aruba. Para fazer serviços de prestação dá pra fazer no mercado negro, mas eu não saberia dizer como funciona isso. Acho que para viver a partir de uns $3.500 por mês se você não vai ter que pagar aluguel.

      Um abraço.

      • OK,obrigado.
        Estive ai em novembro,e achei que pudesse viver com menos de U$3500,00 por mes.Esse valor inclui o que?
        O que deixa o custo de vida tão alto?
        Estou com projeto de ir morar aí em 5anos, estou capitalizando pra ir tranquilo.Achei que com uns 1500,00 US fosse suficiente.
        Com visto de morador consigo arrumar em emprego aí? E quanto seria um salario de um trabalhador(pintor,taxista,garçom,motorista,locadora de carro).
        E se necessario vc indica alguem pra auxiliar pra compar casa em Aruba?
        Sou empresario aqui no Brasil,mas aqui não dá mais.
        Qualidade de vida muito ruim.

        Ps desculpe de tantas perguntas ,mas estou procurando um rumo pra eu e minha familia chegarmos aí bem estabilizado.
        Muito obrigado pela atencao
        Obrigado.

        • Oi Juliano,

          O maior gasto sem dúvida é o do aluguel, que custa por volta de $1000 para um quarto e sala. Vc teria que comprar no mínimo 1 carro para a família, porque o transporte público em Aruba fica entre o ruim e o inexistente. No meu bairro, por exemplo, não existe linha de ônibus, então minha dependência de carro é total. Nós só temos um e ainda estamos pagando (já faz 3 anos e meio) uns $600 por mês. E com um carro, vc tem que se rebolar para atender as necessidades da família. Várias vezes nós tivemos que pedir carro emprestado para meus sogros, porque tem dias que tanto eu quanto meu marido precisamos de carro. Daí ainda tem luz, água, internet, gasolina, seguro do carro, comida, etc.

          O visto de residência não dá direito a trabalhar.

          Não sei quanto ganha um taxista (e já não se dá licenças porque existem taxistas demais em Aruba). Um garçom ganha o salário mínimo, uns $850, a maioria trabalha em dois lugares para complementar a renda.

          Eu não comprei casa, nós preferimos alugar, mas existem muitas imobiliárias.

  31. Sou técnico de Radiologia e Enfermagem,não trabalho nesta área pois cheguei recente da europa,,isto me ajuda em algo pra me legalizar no local?

  32. Tenho intensão de trabalhar em Aruba legal ou ilegal,viajarei como turista por 3 meses,falo espanhol fluente,frances intermediario e ingles conversação,pois estou estudando,pretendo trabalhar de pintor imobiliario,garçon ou motorista.Desejo saber se consigo moradia com brasileiros ou gringos(latinos).

  33. Me enterecei pelo local,Aruba, e tenho intensão de trabalhar como pintor imobiliario,garçon,motorista,vou como turista por 3 meses,domino os idiomas espanhol fluente e ingles cursando para conversação,frances intermediario,tenho 50 anos ,sou moreno,formado em técnico de Enfermagem e Técnico de Radiologia,estou fora desta area,pois não trabalho,cheguei recente da europa.Existem muitos brasileiros por aqui legalizados ou ilegais?Por favor me responda,abraços.

    • Oi José Maria. Existem poucos brasileiros e que eu saiba, nenhum ilegal, exatamente pelos motivos que eu explico nesse post. A ilha é muito pequena, é muito difícil ficar ilegal “escondido” por muito tempo.

      Um abraço

    • Atualmente as ofertas de trabalho para estrangeiros estão totalmente fechadas, Lucas. Não sei quando vão reabrir.

  34. Estou acompanhando a um tempo a respeito de Aruba e estou muito interessado em ir pra lá.. queria saber qual a melhor rota pra chegar em Aruba gastando menos…
    e em média quanto eu gastaria pra ir para lá… e queria saber se o consumo tem um custo alto ou é um custo razoável.. pois tenho intenção de ir para ficar por lá mas como li acima é meio complicado pra permanecer por lá..

    • Diego, a única maneira de se chegar em Aruba é por avião, então seria uma questão de conseguir as melhores ofertas entre as cias aéreas que fazem Aruba-Brasil: Avianca, Gol e Copa. O preço varia de acordo com a época do ano e das ofertas, Diego, você teria que comparar nos sites. O custo de vida é mais baixo que no Brasil e os salários também. Um abraço

  35. Boa tarde…..tenho empresa no segmento textil e estou pensando em montar algo em aruba…li o que escreveu sobre possíveis problemas…gostaria de saber se comprando um imóvel em aruba..ficaria mais fácil pra residir aí?…por acaso sabe o valor mínimo de um apartamento pequeno,tipo 1 quarto ou uma casa pequena?
    Penso também na possibilidade de outro investimento…procurando um sócio…como vc disse…pode ser uma saída para residência,se entendi.
    Att/
    Ivan.

    • Ivan, atualmente o governo está tentando desenvolver uma zona franca em San Nicolas, com incentivos fiscais. Toda a informação sobre essa zona franca, você pode ter aqui: http://www.freezonearuba.com/tag/green-gateway/. Para procurar valor de imóveis, tem esse site que reúne uma lista dos imóveis disponíveis de todas as imobiliárias de Aruba: http://www.casnan.com/. Tudo é em inglês, Ivan, não existem sites de Aruba com informação em português.

      Um abraço

      • Bel…comentei com um amigo que trabalha com importação e exportação…ele vai verificar tudo pra mim…de qquer forma devo ir logo até aí…essas coisas tem que ir,checar pessoalmente..nada que em 15 dias nao faça bem feito…entrei no site de imobiliárias,percebi que os imóveis nao sao tao caros,se comparado com minha cidade…compra-se uma boa casa,pequena,na faixa de 100 ate 150 mil dólares.
        Enfim,gostaria que me respondesse uma coisa…se adquirir uma casa aí ou um imóvel comercial,automaticamente teria o direito de ter um visto de moradia e permanência na ilha?
        Se nao,nao haveria tanto problema,pois a idéia é me estabelecer comercialmente e voltar sempre..vi que vistos em normal duram em média 90 dias e seria o suficiente.
        Ah,existe algum site de bate papo na ilha ou site para se fazer amizades com pessoas ou brasileiros aí?
        Att
        Ivan

        • Oi Ivan, comprar uma casa aqui dá direito a visto de residência sim, mas não sei se de trabalho. Existem poucos brasileiros em Aruba, então não existe nenhum site nem sala de bate papo.

  36. Olá Bel, tudo bem?

    Meu nome é Laiz e tenho acompanhado seu blog.

    Gostaria de pedir uma opinião sua: se você pudesse optar por morar em Aruba, Bonaire ou Curaçao, qual você escolheria, pensando em infraestrutura, saúde, educação, custo de vida?

    Você saberia me dizer se nas outras duas ilhas a burocracia para se residir e trabalhar é igual à Aruba?

    Obrigada,
    Laiz

    • Oi Laiz, tudo bem.

      Eu escolheria e escolhi Aruba. :) Bonaire eu acho muito pequenininha (menos de 20.000 habitantes) e Curaçao tem uns lances de violência (roubos, assassinatos) que não existem em Aruba (bate na madeira 3x!).

      Não conheço os procedimentos para morar nas outras ilhas.

      Um abraço.

      • ….gostaria de saber como faço pra saber preço de um pequeno imóvel em aruba….existem sites em português?

  37. Bel, tenho lido com grande interesse o seu blog, que é muito bom. Viajarei para Aruba, com o meu marido, na segunda quinzena de maio. Como turista brasileira, basta-me o passaporte válido, pelo que já me informei. Não entendi, porém, a informação sobre uma taxa de embarque (exigida, me parece, de quem retorna de Aruba). Você poderia me esclarecer a respeito? Há algum outro aspecto relevante sobre a entrada no país? Por segurança, já tomamos a vacina contra a febre amarela, pois a viagem é pela Copa, como conexão no Panamá. Muito obrigada pela sua generosa atenção. Eugênia.

    • Oi Eugenia. Onde vc leu sobre essa taxa de embarque? Entre o Brasil e Aruba não existe nenhuma. Talvez possa haver alguma confusão com a taxa de embarque que se paga entre Aruba e Curaçao, que não está incluída na passagem. Acho que não tem nenhum outro esclarecimento não, Aruba não tem febre amarela, mas se no Panamá se exige é bom que vc tenha mesmo. :)

      • Oi, Bel! Obrigada! Falta-me o hotel, que devo resolver rapidamente. Uma pessoa amiga recomendou-nos o Westin, mas observou que é um hotel já antigo. Gostaria muito de ficar no Radisson, porém não encontro vaga no período. Vale a pena o Westin? Vi que na mesma faixa praticamente (sem café da manhã ambos) ficaria no Marriot, onde há vagas. O que você me aconselha? Mais uma vez, obrigada! Eugênia.

        • Tanto o Westin quanto o Marriot são bons, mas o Marriot é mais luxuoso e tem um trecho de mar maior, e um conjunto de piscinas mais numero. É maior em todos os aspectos.

  38. Olá amigos eu sou instrutor de mergulho Padi, instrutor de kite surf e sushiman!!
    Quero ir para ir para Aruba estudar inglês e trabalhar por 5 meses pode me ajudar?
    Obrigado

    • Francisco, sem saber nem inglês, acho que fica difícil encontrar alguma coisa. Aruba quase não tem cursos de inglês, porque todo mundo já fala.

  39. Entao os meus planos com meu marido continuam de pé, se ganharmos na mega sena compraremos uma casa em Aruba e vamos morar aí =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *